Um bom líder sabe gerenciar conflitos

23 maio 2019

Quem nunca viu uma situação em que o líder não consegue resolver conflitos interpessoais no time? Ou, na avaliação de desempenho, está sempre mal avaliado pelos seus liderados? Infelizmente, situações como essas são comuns em empresas de todo o mundo. Cá entre nós, não é nada fácil liderar pessoas com jeitos e histórias de vida tão diferentes umas das outras.

Nessas horas, sistemas de carreira em Y podem minimizar as consequências de um erro muito comum nos ambientes corporativos: achar que o caminho natural de qualquer pessoa é conquistar cargos de liderança. Não é. As individualidades devem ser respeitadas, e não são poucos os casos em que se escolhe alguém sem preparo e, o pior, sem desejo, para liderar. Os efeitos disso podem ser devastadores em uma equipe. A verdade é que aquele colaborador super eficiente, com alta performance e capacidade superior de comunicação entre os pares, pode não ser a melhor escolha para líder.

No texto de hoje listamos quatro características que fazem de alguém um bom líder empresarial, capaz de gerenciar conflitos e proporcionar à empresa um time de pessoas coeso e unido em torno de objetivos comuns. Vamos lá?

Um bom líder não escolhe lados

Você pode até se identificar mais com aquele colaborador. Mas a verdadeira capacidade de liderar reside em deixar suas ambições de lado por um instante, e focar no time: neste caso, empatia e generosidade são palavras-chave. É preciso estar disposto a avaliar situações de conflito entre integrantes do time com neutralidade, sob a única perspectiva das pessoas que estão envolvidas na trama; não de si mesmo. Isso nos leva à segunda característica.

Um bom líder se coloca no lugar do outro

É comum encontrarmos artigos falando que líderes devem saber ouvir. Isso é, obviamente, verdade. Mas o que nem todo mundo sabe é que ouvir não é apenas botar os ouvidos para funcionar. Muito menos ficar quieto. Se queremos ouvir alguém, precisamos colocar todo o nosso corpo para funcionar, inclusive a fala: perguntando o que a pessoa sente, o que pensa. Ouvir é entrar na perspectiva do outro. Compreender sua dor e se colocar em seu lugar.

Um bom líder inspira confiança

Ora, se conseguirmos unir as duas primeiras características de um bom líder, teremos mais chances de conseguir a terceira: inspirar confiança. Mas vale lembrar que este é um equilíbrio sutil e intangível, difícil de harmonizar. O líder que deseja inspirar confiança deve, acima de tudo, ser confiável. Isso implica uma relação construída com tempo, coerência, constância, autenticidade e senso de justiça.

Um bom líder inspira mudanças de comportamento

Talvez uma das mais privilegiadas capacidades de um líder empresarial seja a facilidade com que inspira mudanças de comportamento entre seus pares e membros da equipe. Sobretudo hoje, essas pessoas são verdadeiras chaves de sucesso na jornada pela transformação digital das empresas. Gostar de viver experiências novas, reclamar pouco e fazer mais, em busca pelos melhores resultados coletivos, são características que acompanham o líder capaz de inspirar mudanças de comportamento no ambiente empresarial.

Todas essas características podem – e devem – ser desenvolvidas. É aí que entra o coaching de executivos. Se quer saber mais sobre liderança inspiradora e está precisando desenvolver essas habilidades na sua equipe, fale com a gente. Teremos o maior prazer em conversar enquanto tomamos um café 🙂